Contrato de arras: tudo o que precisa de saber sobre contratos de promessa de compra e venda em Espanha

"Contrato de arras" em Espanha
O que é um contrato de "arras" em Espanha? / Pixabay
1 março 2021, Redação

Em Espanha, o contrato de “arras", o chamado contrato de promessa de compra e venda ou contrato de depósito, é um documento fundamental e, na maioria dos casos, um requisito essencial para fechar um acordo para a compra de um imóvel em Espanha. Embora para muitos compradores possa parecer apenas uma formalidade, especialmente depois de ter procurado durante meses e meses a casa ideal, este é um contrato que compromete ambas as partes na venda. Mas o que é exatamente este contrato de “arras” em Espanha e como funciona?

Qual é o objetivo de um contrato de promessa de compra e venda em Espanha?

Antes de mais, um contrato de promessa de compra e venda em Espanha serve para dar tranquilidade a todas as partes envolvidas na venda de um imóvel, uma vez que este contrato assegura por escrito que as condições acordadas para a venda do imóvel são respeitadas. Se o comprador finalmente decidir não comprar o imóvel tendo assinado este contrato, então logicamente perderá a quantia que foi paga como depósito. Por outro lado, se o vendedor cancelar a venda e não vender o imóvel como acordado, então, normalmente, terá de devolver o dobro do montante do depósito.

Este tipo de contrato é obrigatório em Espanha?

Podemos dizer que este contrato serve como preparação para a assinatura do contrato de compra e venda. Mas porque não assinar diretamente o contrato de compra e venda? É obrigatório assinar um contrato de "arras" em Espanha? A resposta é não, não é de todo obrigatório e, frequentemente, as pessoas assinam diretamente o contrato de compra e venda. Se ambas as partes estiverem de acordo sobre preço, prazo, existência de financiamento que exija tempo adicional, ou qualquer outra circunstância que impeça a compra, não seria necessário um acordo prévio e a escritura de venda pode ser assinada diretamente. Mas nem sempre é este o caso. Existem muitos fatores que podem atrasar a assinatura da escritura de venda, tais como o cancelamento de encargos anteriores, verificações de propriedade, ónus, autorizações, licenças, pedidos de financiamento, ou mesmo até mesmo uma pandemia. Há muitas e variadas razões que levam à utilização destes acordos prévios.

Modelos de contratos de "arras"

Embora possas encontrar inúmeros modelos online para contratos de promessa de compra e venda, é melhor obter a ajuda de um advogado. Muitas vezes estes contratos preparatórios para uma venda não recebem a importância que merecem e são frequentemente considerados apenas uma mera reserva, sem mais consequências. No entanto, tal como já mencionámos, existem sérias consequências se as condições deste contrato forem infringidas por qualquer uma das partes.

Em Espanha, um contrato de promessa de compra e venda é geralmente assinado perante um notário que fornecerá uma garantia adicional, embora em alguns casos possam também ser assinados numa agência imobiliária. O notário informa as partes em pormenor sobre as condições envolvidas para que possam tomar uma decisão adequada às circunstâncias, com pleno conhecimento das condições, bem como dos prazos que possam ser necessários para que tudo esteja pronto. Como a regulamentação destes acordos é muito escassa e, portanto, o seu alcance é muito amplo, é melhor procurar ajuda profissional.

Que inclui normalmente um contrato de "arras" em Espanha?

  • Dados pessoais: a assinatura de um destes contratos que tenha sido devidamente redigido assegurará que todos tenham a documentação necessária, quer em termos de representação, impostos, branqueamento de capitais, investimentos estrangeiros, etc;
  • Identificação do bem transferido;
  • Taxas, limitações ou outras circunstâncias relevantes;
  • Preço pelo qual a compra e venda é estabelecida e o montante a pagar no momento do contrato de depósito, sendo as vantagens e desvantagens para cada parte deste montante superiores ou inferiores e a natureza das opções possíveis;
  • Prazo para a execução da escritura de venda;
  • Distribuição das despesas, e que cada parte está ciente do que está a assinar, já que é algo que não pode ser alterado mais tarde, a menos que haja um novo acordo entre ambas as partes;
  • Outras questões que possam ser de interesse em cada caso específico.
Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista